Conexões interpessoais e a gestão de propriedades rurais

Utilizando sua rede de conexões interpessoais para melhorar a gestão de propriedade rurais.

PESSOAS E LIDERANÇA – Por Daniel Pagotto.

Vou começar este artigo com uma história, um fato que aconteceu no mês passado, no contexto da nossa empresa. Contratamos um novo colaborador, médico veterinário e especializado em gestão no agronegócio. Só depois de acertarmos tudo, me dei conta que não pedi seu currículo, não busquei referências sobre ele, e mesmo assim estava seguro com a decisão de trazê-lo para o nosso time, convicto que ele agregaria muito para nosso dia a dia.

O que teria me motivado a ter confiança para tomar esta atitude?

Bem, desde que ingressei na escola de agronomia, em 1992, pude passar por alguns projetos e empresas interessantes, mas hoje consigo visualizar com muita clareza que a minha maior competência envolve a rede de relacionamentos que cultivo desde então. São 25 anos de contatos com pessoas que cultivam sonhos e objetivos semelhantes aos meus, e nesta jornada, mesmo que sem uma consciência formal sobre os fatos, acabei formalizando conexões vitais para o meu caminho profissional e também para minha qualidade de vida.

Rede de Contatos

Tudo isso aconteceu de forma aleatória e natural, sem uma estratégia prévia, mas hoje consigo ver com clareza, passo a passo, o que construí para que isso tivesse acontecido. Acredito que você também tenha uma rede de conexões semelhante à minha (e caso não tenha, seria bom pensar nisso). Então, a questão que coloco é importante.

Como você utiliza sua rede de contatos para melhorar o seu desempenho na sua evolução profissional, no seu negócio e mesmo como pessoa?

Para facilitar esta situação, atualmente contamos com ferramentas que pareciam futuristas na década de 1990, mas que estão à disposição de todos para amplificar esta rede de contatos. Estamos falando da inteligência dos sistemas de informação e das redes sociais, que nos conectam instantaneamente a todo o planeta! Agora faço outra pergunta: como você está usando a tecnologia em prol da evolução da sua capacidade pessoal, profissional e do seu negócio? Que tipo de informação você consome e como você filtra o que vai fazer a diferença para você?

Segundo pesquisa recente da ABMRA (Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócios), 42,0% dos produtores rurais acessam a internet e 61,0% possuem smartphones (em 2013 eram apenas 17,0%), sinalizando uma mudança de hábito na atualização das informações e, no apoio a tomada de decisão. Esta estatística, associada à queda na assinatura de jornais e revistas no mesmo período, segundo a pesquisa, nos permite inferir para uma consolidação do poder das mídias digitais no dia a dia das famílias brasileiras proprietárias de terras.

A partir destas premissas, envolvendo as redes de contatos e a disponibilidade de informação, há ferramentas para que se possa evoluir em pouco tempo, e ganhar competências e conhecimentos que certamente levaria anos.

Dicas de Ouro para seu Agronegócio

Para já, vamos elencar cinco dicas de ouro para você examinar, utilizar, e validar o que temos como premissas:

Defina seus objetivos

Dica 1: Defina seus objetivos, seus sonhos e organize datas para alcançá-los. Algumas semanas atrás, em um evento, um novo amigo, empresário do ramo audiovisual me disse: “quase sempre as pessoas não sabem o que querem”. Acredito que no agronegócio, muitas vezes é assim também, até porque é algo inconsciente. Por exemplo, no seu negócio você tem estabelecida a sua meta de lucro para este ano? Você sabe onde buscará suporte para sua fazenda acompanhar a evolução tecnológica e de gestão que é demandada? Para você, o que é ter sucesso do ponto de vista pessoal e no negócio? Se não conseguiu responder estas questões de forma clara, de algum modo você também tem dúvidas sobre o que quer alcançar.

Planeta Terra Agropecuário

Dica 2: Lembre-se que o nosso “Planeta Terra Agropecuário” é muito maior que a sua cidade, sua região. É certo que, em algum lugar, alguém teve uma ideia que não saiu na sua roda de amigos da cidade, e que pode impactar seu negócio, sua fazenda. Em nossa experiência, rodando por muitos lugares, notamos que proprietários rurais tendem a concentrar suas decisões e aplicação de inovações com base no que seus amigos ou parceiros próximos estão fazendo. Nossa recomendação é que amplifique seus horizontes, e se conecte com pessoas de outros lugares, participe de grupos de discussão no WhatsApp, cursos, eventos, congressos, dias de campo em outras cidades ou regiões…se organize desde o início de cada ano para ao menos quatro ou cinco eventos de porte, e assim estará atualizado e certamente vai conhecer gente interessante nestes lugares.

Networking

Dica 3: Trate a sua rede de contatos, o seu Networking, como um pilar fundamental de apoio para que seu projeto na fazenda tenha sucesso. Para deixar claro, Networking é o processo de cuidar da sua rede de contatos, ou seja, o modo como você cultiva os seus relacionamentos, de modo que isso auxilie na evolução do seu negócio. Quanto maior e mais ativa sua rede de contatos relacionada ao trabalho, mais chances você terá de encontrar alguém que está tendo sucesso em algo que você esteja querendo fazer. Do mesmo modo, suas chances de errar serão menores, pois ao questionar sobre uma nova ideia, é possível que alguém tenha se dado mal com algo semelhante. Um estudo recente revelou que, entre as pessoas que utilizam as mídias sociais no dia a dia, apenas 41,0% as utilizam para trabalho e negócios.

Gere Valor

Dica 4: Cultive o princípio da reciprocidade e gere valor aos outros. Quando você tem por essência apoiar as pessoas, pode proporcionar melhorias instantâneas a elas, a partir de experiências que teve e que podem fazer a diferença para alguém. Se você se prontifica a isso, esteja certo que será ajudado também, e as chances do seu negócio voar mais alto aumentam exponencialmente. No ambiente de fazendas isso pode e deve ser exercitado, pois você está vendendo o mesmo produto que muitos outros (boi, soja, laranja, café etc.), mas não são concorrentes, e podem criar sinergias.

Mantenha Contato

Dica 5: Mantenha contato constante com sua rede. Uma vez que tenha entendido os conceitos envolvidos nas informações até aqui colocadas, faz sentido que mantenha ativo o canal de comunicação com estas pessoas que podem e o vão apoiar no seu caminho para atingir seus objetivos. É certo que você se manterá atualizado dos assuntos que lhe interessam, assim como seus contatos estarão buscando melhorias em seus projetos individuais, e com isso cada um gera um contínuo aprendizado, que pode ser compartilhado. Não deixe de ligar com alguma frequência para os contatos próximos, trocar mensagens, e mesmo curtir postagens. Visitas a projetos e fazendas também fazem a diferença, pois além de passar um dia agradável, é possível que aprenda algo que pode fazer diferença para você.

Ah, e para finalizar…sobre o novo colaborador, o novo talento da nossa empresa…o fato é que, de alguma maneira, eu já o conhecia suficientemente para decidir contratá-lo, por conta da nossa conexão prévia. Nossos encontros ocasionais e conversas frequentes foram fundamentais para a validação desta contratação.

Abraço,
Daniel Pagotto.

*artigo publicado na Carta Gestor, Scot Consultoria, julho 2017.

Compartilhe!

Gostou? comente !!!



Sua Mensagem

Av. Getúlio Vargas, 18-46 Cj. 712
(14) 3879.8338 CEP 17017-383 Bauru-SP